sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Alles kaputt

Bom, não consegui dormir caralho nenhum ontem a noite, e hoje tinha prova de Inglês! Uhuul! Que desgraça hein, amizade?! u.u' Mas fui cambaleando de sono até a escola. Chego, olho a prova, um discurso do Bush. ERA SÓ OQ ME FALTAVA. Meu professor de inglês é todo metido a yankee, morou sei lá quantos milhares de anos nos EUA, e é do estilo *I s2 a AMÉRICA* (não é nem Estados Unidos, é AMÉRICA) aí já li o texto todo, na maior má vontade. A prova que era pra ser feita em 4 horários, e com 1.200 palavras, eu fiz 1.200 e poucas em 1 horário. METI O CACETE MEEEESMO, já tô com a macaca mesmo.. Mandei que "não tinha nada contra os EUA" *sentiu o sarcasmo?* escrotei geral, e ainda terminei falando que o Obama não é nada mais, nada menos que um novo Bush, com mais melanina. Aí pronto e né, terminei meu texto anti-estadunidense, e pensei com meus botões que aqui era como no Brasil, esperar um certo horário pra vazar. Fiz uma trouxinha com meu gorrinho e meu casaco, capotei na carteira. Depois de dormir um horário e meio, vem o professor me cutucar perguntando se eu tava passando bem, respondi que sim, e entreguei minha prova, ele disse que eu podia sair. Mano, impressionante, povo da sala fico DESACREDITADO que eu já tinha terminado, olharam pra mim, olharam pra prova, e sentaram a escrever hahahahahahahaha alemão é muito mané mesmo. Me divirto :)

Voltei pra casa, dormi, e depois hora do almoço... Aí fica que nem faroeste, a mãe no meio, a desgraça da Linda de um lado, e eu do outro. Até pedir pra passar o sal é um momento complicado.. Mas eu adoro colocar tudo da mesa perto dela, ela tá mó comendo "Linda me passa o sal? Obrigada", "Linda, me passa o catchup? Obrigada", "Linda, me passa a água? Obrigada" É bonito de ver o TANTO que ela fica incomodada! Uma emoção indescritível! Mas hoje minha mãe pegou uns álbum antigão e mostrou as fotos, foi até legal, ficou nós três vendo e rindo que nem umas boba. Meu pai em TODAS as fotos, Altbier, e cigarro de peão HAHAHAHA! Aiai.. Hoje a tarde teve um "bazar de natal" na minha escola, e eu ia trabalhar na cafeteria, vou indo, toda serelepe com meu ipod escutando 'heat of the moment'.. Pronto né vei, se CAPOTE fosse ESPORTE, eu era o MICHAEL PHELPS. Tô toda empolgada andando e cantando, pisei em falso no meio fio, mano, só deu tempo de pensar: "MADEEEEEEEEIRAAAAA" aí pronto, eu SENTEI com a cara no asfalto! Que delíícia gente x.x' doeu demais... misericórdia. E eu ainda tava com guarda-chuva na mão, empenei ele inteirin :D (mah, ainda tenho dentes).
Cheguei meio amarrotada na cafeteria, trabalhei um cadin, no final, aquele montãão de muffin, torta, cheese cake, tudo sobrando, como uma boa intercambista sem dinheiro.. ENFIEI A CARA NOS RANGO (pq tbm só enfiar cara no chão é tenso, mano), depois fomos todas gordas e felizes pra casa da Kathi fofocar e beber.
Teve bão, amanhã vou patinar acho, fazer comprinhas e depois quebrar tudo na Altstadt! :)
Ps: Eu vou ter reunião da AFS com minha família só domingo, nãããão sei oq vai ser de mim, então não adianta perguntar. Mas eu tô legal :)

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijonabundaeatésegunda!

2 comentários:

arthur.moura disse...

Voce ta começando a escrever muito bem, quase me senti na alemanha te vendo com a cara no chao AIUOHAIUAHIUAHAIUHAUHA
saudades dora, volta logo!

Caio Uchôa disse...

dinheiro pra comida nao tem, mas dinheiro pra bebida NAO FALTA ne